É falso que Rebeca Andrade se apresentou na Olimpíada com música que homenageia Bolsonaro

Na realidade, a atleta escolheu realizar sua performance com uma versão do funk “Baile de Favela”, composto por MC João

0
4616

Circula pelas redes sociais que a ginasta brasileira Rebeca Andrade teria utilizado o “funk de Bolsonaro” como trilha sonora para sua apresentação nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, no Japão. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​ da Lupa, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

A informação analisada pela Lupa é falsa. A ginasta Rebeca Andrade não se apresentou ao som do “funk de Bolsonaro”, em homenagem ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), nos Jogos Olímpicos. Na realidade, a atleta escolheu realizar sua performance com uma versão do funk “Baile de Favela”, composto por MC João.

A trilha sonora utilizada por Rebeca foi feita pelo produtor musical Misael Passos Junior e outros colaboradores. No seu Instagram, Misael conta que a música de Rebeca mistura o funk com música clássica. “Com as idéias incríveis do Rhony de misturar Bach com funk , e a direção toda da Angela, a gente conseguiu um resultado muito legal. Lógico que acabei dando uma re-harmonizada no funk rsrsr, mas ainda é funk Baile de Favela!”, escreveu Misael em seu perfil na rede social. Procurado, o produtor musical informou, em áudio enviado pelo Instagram, que a trilha não tem motivação política.

Mencionado no post, o “funk do Bolsonaro” foi feito pelo MC Reaça e também é uma versão de “Baile de Favela”. Ele utilizou a mesma batida da música original, porém alterou a letra para realizar uma homenagem ao presidente. Em abril de 2018, o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) publicou um vídeo em seu Facebook que mostra a paródia.

Essa informação também foi verificada pelo Comprova.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui