Após checagem do Contrapoder, Instagram sinaliza publicações de Cabo Gilberto e Nilvan Ferreira como fake news

Rede social borrou a publicação e sinalizou com os dizeres “informação falsa”; checagem foi atestada pela AFP, uma das maiores agências de notícias do mundo

0
3168

Após o blog Contrapoder checar a suposta informação de que um homem teria tatuado o ânus em protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), publicação que foi compartilhada pelo deputado estadual Cabo Gilberto (PSL) e o presidente do PTB na Paraíba Nilvan Ferreira, o Instagram sinalizou as publicações de ambos como “informação falsa”. Os compartilhamentos são fake news.

A rede social aponta que o conteúdo é falso e informa que houve a checagem por verificadores de fatos independentes – sem relação direta com o Instagram.

O verificador do fato citado pela rede social é a Agence France-Presse (AFP), uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas agências de notícias do mundo. Entidade francesa, fundado em 1835, a AFP desenvolve a editoria ‘AFP Checamos’, para verificar informações falsas que circulam na internet.

O deputado bolsonarista Cabo Gilberto é citado na matéria da AFP como um dos disseminadores da fake news.

As perguntas que ficam é: mesmo após a AFP atestar ser fake news, Nilvan e Cabo Gilberto terão coragem de manter a publicação no ar? Vão, de fato, mentir deliberadamente para seus seguidores? E o Instagram o que fará para punir os disseminadores paraibanos de desinformação?

Apenas uma coisa é certa: a vergonha já foi carimbada e atestada.

Confira publicações sinalizadas como fake news:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui