Cabo Gilberto e Nilvan Ferreira postam “tatuagem no ânus contra Bolsonaro”, mas protesto foi contra Trump em 2017

Contrapoder usou mecanismos de detecção de imagem para identificar origem real da foto usada pelo deputado e o comunicador para espalharem desinformação

0
3106

Em mais uma da saga de desinformação no estado, o deputado estadual Cabo Gilberto (PSL) e o presidente do PTB na Paraíba, Nilvan Ferreira, publicaram no sábado (9) uma foto do que, segundo eles, seria um homem que teria tatuado o ânus com um protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Conteúdo tem claro intuito de atacar opositores do atual chefe do Planalto. A informação é FALSA. O Contrapoder checou.

”Homem faz tatuagem no ÂNUS em protesto contra Bolsonaro”, são os dizeres – com caixa alta dos autores – que acompanha uma foto do momento da suposta tatuagem. Confira publicações:

A verdade

A tatuagem na verdade foi feita em 2017, pelo artista espanhol Abel Azcona, como forma de protesto contra o presidente dos Estados Unidos à época, Donald Trump. O slogan de campanha “Make America great again” foi tatuado pelo performer espanhol. A imagem que o deputado e o comunicador usam para ilustrar a publicação sequer foi feita no Brasil, muito menos neste ano, nem tampouco trata-se de um protesto contra Bolsonaro. Veja matéria de O Globo (inclusive, com a foto):

Basta uma busca nos mecanismos de pesquisa de imagem do Google para a farsa ser desfeita. O blog Contrapoder rapidamente identificou a origem real da foto.

As publicações com desinformação tiveram mais de 8,1 mil curtidas e mais de 5,6 mil comentários, apenas no Instagram de Cabo Gilberto e Nilvan. A tática pode ser utilizada para enganar seus seguidores, como forma de buscar engajamento para “treinar” os algoritmos de suas redes sociais, com objetivo de ter mais alcance nas próximas publicações.

O deputado e o comunicador, ambos bolsonaristas, tentaram mais uma vez atacar opositores de Bolsonaro – ou mais especificamente, ao que tudo indica, o campo da esquerda, porém, espalhando desinformação e partindo para um lado esdrúxulo da política.

É como diz João 8:32: “conhecereis a verdade, e a verdade os libertará”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui