Lindolfo Pires defende unidade do Progressistas com João: “questão de mão dupla”

"É uma questão de mão dupla. Aguinaldo é o candidato do governador. E o governador é o candidato de Aguinaldo", disse o deputado do PP

0
120

O deputado estadual Lindolfo Pires, líder do Progressistas na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) defendeu, nesta terça-feira (14), a unidade do partido com o governador João Azevêdo (PSB), após a deputada Jane Panta, que integra a legenda, afirmar que “ainda é oposição” ao gestor.

Lindolfo destacou o papel do partido na chapa majoritária do governador, que deve ter o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) como pré-candidato senador, e afirmou que todos os deputados da legenda devem votar na composição nas eleições deste ano.

“Consolidando-se a aliança, o PP não será objeção para ajudar o governo na Assembleia Legislativa. É uma questão de mão dupla. Aguinaldo é o candidato do governador. E o governador é o candidato de Aguinaldo. O PP deverá votar de forma única na majoritária do governo. Há de se consolidar. Todos os deputados haverão de votar na chapa João-Aguinaldo”, disse Lindolfo.

O líder do Progressistas analisou que há uma problema local entre o governador e o esposo de Jane Panta, o prefeito de Santa Rita Emerson Panta, que pode ser resolvido com diálogo e a mediação de Aguinaldo.

Sobre o apoio do Republicanos de Hugo Motta a Aguinaldo, Pires ressaltou que “a esperança é a última que morre” e que as conversas continuam abertas para entendimentos com o partido, que apoia a reeleição de João, mas defende Efraim Filho (União Brasil) ao Senado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui